À espera de Montoya, Inter pode fazer investida em mais um gringo

Enquanto tenta fechar as contratações de Wellington Silva e Rithely no mercado interno, o Inter também vasculha potenciais reforços no exterior. Até dois estrangeiros podem pintar no grupo de Odair Hellmann no início da próxima temporada.

Um deles é o argentino Walter Montoya. O Inter já apresentou uma proposta de empréstimo de um ano pelo jogador do Sevilla e ainda aguarda uma resposta. Recentemente, o clube gaúcho ganhou a concorrência do Boca Juniors, também interessado no jogador.

Outros sul-americanos que atuam na Europa, assim como Montoya, estão no radar da direção colorada. E também o mercado latino. Nos países vizinhos, o cenário tem se mostrado favorável para a contratação de reforços. Apesar da alta do dólar, os valores são mais acessíveis. E os salários pagos no Brasil mais atrativos para os jogadores.

Alejandro Silva e Acosta, que foram vice-campeões da Libertadores pelo Lanús, foram oferecidos, mas as tratativas não avançaram. E mesmo no país há gringos a serem observados. Buffarini, do São Paulo, é um nome que recebe elogios no clube, embora não exista qualquer movimento pela sua contratação.

O Inter ainda conta com um importante trunfo nos mercados vizinhos: D’Alessandro. A trajetória do capitão e sua história no clube costumam ser chamarizes a outros estrangeiros. Não raro conversa com jogadores que estão em negociação e passa informações sobre o clube, Beira-Rio, torcida e Porto Alegre. Foi assim com Cavenaghi, Nico López e Víctor Cuesta, entre outros.

Gutiérrez deve abrir vaga para estrangeiro

As competições nacionais e estaduais só permitem que cinco estrangeiros sejam relacionados por partida. O Colorado terminou a temporada com quatro no elenco: Víctor Cuesta, Felipe Gutiérrez, D’Alessandro e Nico López. Seijas, que retorna após período de empréstimo à Chapecoense, está fora dos planos e deve ser novamente emprestado.

A situação de Felipe Gutiérrez é mais curiosa. O contrato do chileno termina no fim do ano. O Bétis, que detém os direitos do jogador e não pretende utilizá-lo em 2018, abriu as portas para um novo empréstimo, mas o Colorado evitou dar prosseguimento ao negócio.

Em breve, o Inter também poderá ter uma nova vaga para estrangeiros aberta no grupo. Isso porque D’Alessandro, antes de renovar contrato por mais dois anos, entrou com um pedido para ter dupla nacionalidade. Resta aguardar o prazo para a concretização do processo.

Até o momento, a direção já anunciou três reforços para a próxima temporada, o lateral-direito Ruan, o volante Gabriel Dias e o centroavante Roger. Além de Wellington Silva e Rithely, o clube também tem tratativas com Rodrigo Moledo, zagueiro que já teve passagem pelo Beira-Rio e que atualmente do Panathinaikos, da Grécia.