Em recuperação, Ernando iniciará Gauchão com grupo do Inter para voltar à vitrine

Enquanto os companheiros de Inter aproveitam as férias, o zagueiro Ernando segue a rotina de recuperação após cirurgia de hérnia de disco. O objetivo é chegar à reapresentação, em 2 de janeiro, em igualdade de condições aos companheiros para realizar a pré-temporada com os demais para estar à disposição do técnico Odair Hellmann. Caso surja uma proposta, as partes estão dispostas a ouvi-la para saber se vale a pena deixar o Beira-Rio.

O ano de 2017 foi complicado para o atleta. Marcado pela torcida em razão do rebaixamento, o zagueiro chegou a ter o nome pichado em postes nas proximidades do Centro de Treinamentos do Parque Gigante aos quais exigiam sua saída. Ouvia as contestações dos colorados durante os jogos. Para completar, na decisão do Gauchão, marcou um gol contra diante do Novo Hamburgo.

A situação quase o inviabilizou no clube. Porém, sem propostas, manteve a rotina de trabalho. A dedicação e o futebol apresentado nos treinos mereceu a confiança de Guto Ferreira no decorrer da Série B. Voltou a ser utilizado, mas a hérnia de disco em outubro o alijou do restante da temporada.

Nestes meses fora de campo, Ernando tratou de manter a forma e cumprir a rotina programada pelo departamento médico. Opção do sistema defensivo, tentará convencer Odair a receber nova oportunidade ao longo do Gauchão. Como as sondagens apareceram neste período inativo, há possibilidade de que cheguem propostas de outros clubes.

Contratado em 2014, Ernando teve destaque nas duas primeiras temporadas. Cumpridor de funções, atuou nas quatro posições da zaga, sem nunca comprometer. No passado, no entanto, sofreu junto com o grupo. Um dos líderes do vestiário, chegou a envergar a braçadeira de capitão e ficou exposto, responsável pela torcida pelo fracasso do clube.

Ernando tem 175 partidas pelo Colorado, só menos que D’Alessandro, que já participou de 392, e Leandro Damião, com 196. Ainda contribuiu com oito gols, além de ter estado presente nas conquistas dos Gauchões de 2014, 2015 e 2016.

Além de Ernando, o Inter tem Klaus, Víctor Cuesta, Danilo Silva, Thales e Léo Ortiz. Este último, no entanto, tem o futuro incerto. Após o Juventude, o Sport também já demonstrou interesse em seu futebol. Os clubes discutem para ver se entrará na negociação por Rithely.

A direção ainda busca outra peça para o sistema defensivo. Rodrigo Moledo é o desejo da cúpula. O zagueiro tem vínculo com o Panathinaikos até junho. Ou seja, em janeiro poderá assinar pré-contrato com qualquer equipe. Como os gregos o devem vencimentos, busca a liberação para retornar ao Beira-Rio.

Os colorados ainda estão estão no mercado em busca de Rithely, Walter Montoya e Wellington Silva. Até o momento, foram anunciados Ruan, Gabriel Dias e Roger. A reapresentação do Inter ocorre no dia 2 de janeiro.

Fonte: globo.com