Joia do Inter que interessou ao Barcelona vai jogar no Brasil de Pelotas

Alisson Farias tem carreira semelhante ao de muitos meninos de categorias de base. Surgiu como grande promessa, esteve na mira do Barcelona, mas acabou permanecendo no Brasil. Sem grandes chances no principal do Inter, segue uma uma rotina de empréstimos cujo próximo destino será o Brasil de Pelotas.

A pedido de Clêmer, que o conhece das categorias inferiores do clube de Porto Alegre, Alisson está com contrato assinado no Rubro-Negro. Jogará por lá por uma temporada e ao retornar terá mais um ano de vínculo com Inter.

Aos 21 anos, ele vem de um empréstimo do Criciúma. Por lá fez sete partidas e não marcou gols. Regressou ao fim do vínculo. Antes, havia estado no Estoril, de Portugal, onde conseguiu destaque importante. Marcou dois gols em 13 jogos. Mas o clube europeu não firmou a compra de seus direitos.

Pelo Inter, Alisson subiu ao principal em 2015 pelas mãos de Diego Aguirre. Chegou a fazer bons jogos no Campeonato Gaúcho do ano e reforçou o status de promessa. Foram 16 jogos em 2015 e mais 11 no ano seguinte. Um gol marcado.

Farias chegou ao Internacional em 2012. Com apenas 16 anos, tinha se destacado no futsal e dado os primeiros passos no campo vestindo a camisa do Atlético-PR. O status de futura estrela começava a acompanhar o jogador, que logo nos primeiros torneios comprovou qualidade.

Ganhou duas vezes o Gaúcho Sub-17, em 2013 também atuou no Brasileirão Sub-20, e foi campeão. Em seguida foi chamado pela seleção brasileira Sub-17, onde chamou atenção de grandes clubes da Europa.

O contrato perto do fim deu, em determinado momento, autorização para equipes tentarem tirá-lo do Beira-Rio. Sem sucesso. Ele recebeu uma proposta do futebol alemão e uma sondagem do Barcelona, que mirava a contratação dele para a equipe B, que prepara os jogadores visando utilização no principal. Visitou o CT do clube a convite do Barça, mas acabou preferindo completar formação no Brasil.

 

Fonte: correio do povo