Um terço dos emprestados pelo Inter para times da Série A é rebaixado outra vez

O ano de 2017 foi de reconstrução para o Inter, com a confirmação do retorno à elite do futebol brasileiro após o primeiro rebaixamento de sua história. Mas, para alguns jogadores colorados, ele terminou exatamente como 2016, com rebaixamento para a Série B. Um terço dos jogadores presente no elenco que rebaixou o clube no no passado e que foi emprestado para clubes da Série A amargou uma nova queda para a segunda divisão.

Do plantel que atuou no Brasileirão de 2016, 15 foram emprestados pelo clube gaúcho para clubes da Série A nesta temporada. Cinco deles, no entanto, encerraram com mais queda no currículo. São eles: Anderson, pelo Coritiba, Andrigo e Eduardo, pelo Atlético-GO, Artur e Fernando Bob, na Ponte Preta.

A situação de Anderson é a que mais chama a atenção. O rebaixamento do Coxa foi decretado no último domingo, com a derrota por 2 a 1 para a Chapecoense. O meia esteve em campo pelo time de Marcelo Oliveira, mas não conseguiu evitar o vexame. Pior. Chegou a sua quarta disputa do nacional, com três quedas, por três times diferentes: Grêmio, Inter e Coritiba.

O desempenho dos colorados emprestados na Série A, aliás, voltou a deixar a desejar. Apenas dois integraram grupos que conquistaram uma vaga a Libertadores: Paulão, no Vasco, e Seijas, na Chape, embora o venezuelano não tenha atuado nos últimos confrontos.

A maioria dos emprestados não será aproveitada pelo clube gaúcho na próxima temporada. Dos jogadores que participaram da Série A, apenas Andrigo surge como candidato a integrar o grupo de Odair Hellmann.

Como foram os emprestados do Inter na Série A

Jogador Posição Time Colocação na Série A
Anderson meia Coritiba 17º
Andrigo meia Atlético-GO 20º
Eduardo zagueiro Atlético-GO 20º
Artur lateral-esquerdo Ponte Preta 19º
Fernando Bob volante Ponte Preta 19º
Geferson lateral-esquerdo Vitória 16º
Alan Costa zagueiro Vitória 16º
Anselmo volante Sport 15º
Marquinhos meia-atacante Sport 15º
Eduardo Henrique volante Atlético-PR 11º
Gustavo Ferrareis meia Bahia 12º
Paulão zagueiro Vasco
Seijas meia Chapecoense
Valdívia meia-atacante Atlético-MG
Brenner centroavante Botafogo 10º

Paulão aprovou e tem grandes chances de seguir em São Januário. Os outros ou serão recolocados no mercado ou trabalharão à parte até aparecer algum interessado. Há ainda Valdívia e Brenner. O meia-atacante tem contrato com o Atlético-MG até maio, enquanto o centroavante está cedido ao Botafogo até dezembro.

Cenário da Série B é semelhante

Na reformulação promovida pela direção, os jogadores que defenderam clubes da Série B também não conseguiram ter sucesso. Mike até integrou o grupo do América-MG, campeão do torneio, mas sem papel de destaque. Aylon terminou em 14º com o Goiás, enquanto Jacsson participou da queda à Série C pelo Santa Cruz.

Enquanto aguarda o retorno dos emprestados, a direção busca encorpar o grupo de Odair. Até o momento, apenas Roger, do Botafogo, foi anunciado. Gabriel Dias, volante que defendeu o Paraná na Série B, está próximo de ter sua contratação concretizada.

Fonte: globo.com