Volta à elite, Odair e cinco caras novas: Inter dá largada à temporada de 2018

A virada de 2017 para 2018 apresenta ao Inter o fim de um ano repleto de adversidades, tido como mais difícil de sua história centenária e seguido de um caminho árduo para consolidar sua reconstrução. Com o fim dos festejos, o elenco colorado se reapresenta já nesta terça-feira, às 15h, no Beira-Rio, para dar largada a uma temporada emblemática. Sob o comando de Odair Hellmann, o Colorado começa a pôr em prática seus planos para o retorno à Série A do Brasileirão após superar seu primeiro rebaixamento, com muitos remanescentes e ao menos cinco caras novas.

O planejamento para os compromissos que se avizinham no ano iniciou ainda em novembro passado, instantes após o fim da Série B, com a efetivação do então interino como técnico para guiar a equipe na volta à elite. E o mês subsequente serviu para o departamento de futebol imergir no mercado, com movimentação intensa para avançar na montagem do plantel para a temporada. Vale ressaltar: o elenco segue aberto, mesmo com a largada para a pré-temporada.

Os cinco reforços contratados de forma oficial até agora denotam a crença dos dirigentes e da comissão técnica na qualidade da equipe titular – todos chegam para suprir carências a nível de composição de grupo, para brigar por posição a médio e longo prazo. De fato, o Colorado não perdeu uma peça sequer de seu “11 ideal” e tem na manutenção de sua base de time um alicerce para dar tranquilidade na prospecção de novas peças a Odair – necessidade que se torna vital, com margem de erro “zero”, devido à situação financeira alarmante.

– Eu acho que o desafio de todos os treinadores é buscar a formação do time, a formatação de um grupo. Um time é importante. Mas não são 11 jogadores que fazem um clube vencedor, que ganhe títulos – afirma o treinador.

Logo depois de encerrar 2017 com vitória por 2 a 0 sobre o Guarani, o clube anunciou seu primeiro reforço para 2018, o centroavante Roger, ex-Botafogo, com vínculo por duas temporadas. Depois, os dias de dezembro serviram para oficializar outras quatro contratações: os laterais-direitos Ruan (ex-Boa Esporte) e Dudu (Figueirense) e os volantes Patrick (ex-Sport) e Gabriel Dias (ex-Paraná).

Além dos contratados, a tendência é de que Wellington Silva também figure entre os companheiros no Beira-Rio. O atacante já esteve em Porto Alegre para realizar exames médicos e foi aprovado. Resta apenas o envio de documentos do Fluminense para que o atleta assine seu contrato com o clube por empréstimo até o final do ano, com opção de compra definida.

Entre chegadas e partidas, a principal novidade partiu da permanência mais longeva de Andrés D’Alessandro. O argentino, ídolo máximo da torcida e grande liderança dentro do elenco, assinou sua renovação de contrato por mais duas temporadas com o Inter. O vínculo anterior encerrava em 31 de dezembro.

Elenco em formação

Em paralelo às movimentações no mercado, o Inter também mira a extensa lista de 60 atletas com quem tem vínculo – entre peças já à disposição no elenco e emprestados – e os atletas da base para concretizar a montagem de seu elenco. Neste cenário, o trio Ramon (volante), Álvaro e Ronald (atacantes) deve iniciar a temporada com o grupo principal, após se destacar na conquista do Brasileiro de Aspirantes.

Da relação de jogadores que retorna, apenas dois devem ser reaproveitados: o meia Andrigo, que defendeu o Atlético-GO, e o atacante Marcinho, ex-Brasil de Pelotas. O técnico Odair Hellmann promete utilizar os treinamentos para observar eventuais atletas que possam ser reintegrados ao grupo. A tendência, porém, é de que a maioria siga seu rumo em uma nova equipe em 2018. Até o momento, 25 jogadores já foram liberados pelo clube.

A estreia colorada no Gauchão, primeiro objetivo da temporada, será no dia 18 de janeiro. A equipe recebe o Veranópolis, no Beira-Rio, às 19h30. Antes disso, já possui um jogo-treino marcado com o Lajeadense, no Centro de Treinamentos do Parque Gigante, no dia 14.

> Confira a lista de atletas do Inter:

  • Remanescentes de 2017: Daniel, Danilo Fernandes, Keiller e Marcelo Lomba (goleiros); Danilo Silva, Ernando, Klaus, Thales e Victor Cuesta (zagueiros); Alemão*, Claudio Winck, Iago e Uendel (laterais); Charles, Edenílson, Fabinho, Rodrigo Dourado e Valdemir (volantes); Camilo, D’Alessandro e Juan (meias); Eduardo Sasha, Joanderson, Leandro Damião, Nico López e William Pottker (atacantes)
    *fora dos planos, deve sair em 2018
  • Reforços: Dudu (lateral-direito), Gabriel Dias (volante), Patrick (volante), Ruan (lateral-direito), Roger (atacante) e Wellington Silva (atacante)*
    *depende da documentação do Fluminense para ser oficializado
  • Voltam de empréstimo: Alan Costa (zagueiro), Anderson (meia), Andrigo (meia)*, Eduardo Henrique (volante), Fernando Bob (volante), João Afonso (volante), Marcinho (atacante)*, Marquinhos (atacante), Mike (atacante), Paulão (zagueiro), Raphinha (lateral-esquerdo), Seijas (meia), Silva (volante), Taiberson (atacante) e Vilela (meia)
    *jogadores que fazem parte dos planos para 2018
  • Jogadores já liberados: Alan Ruschel (Chapecoense), Alex Santana (Paraná), Alisson Farias (Brasil-RS), Anselmo (Sport), Artur (negocia com o Brasil-RS), Aylon (América-MG), Bertotto (Veranópolis), Carlos (volta ao Atlético-MG), Carlinhos (sem clube), Diego (Paraná), Eduardo (Figueirense), Felipe Gutiérrez (volta ao Bétis-ESP), Geferson (negocia com o CSKA Sofia), Gustavo Ferrareis (Figueirense), Jacsson (CRB), Jair (Veranópolis), Junio (Sampaio Corrêa), Kaíke (Sampaio Corrêa), Leo Ávila (ABC), Léo Ortiz (Zagueiro), Mossoró (Brasil-RS), Murilo (ABC), Roberson (Jeju United, da Coreia do Sul), Vitinho (ABC) e Yan Petter (ABC).

 

Fonte: globo.com