Presidente do Santos admite troca de Zeca por Sasha

Enquanto permanece o imbróglio jurídico entre Santos e Zeca, o clube tenta utilizar o lateral-esquerdo como “moeda de troca”. O presidente da equipe, José Carlos Peres, revelou ter iniciado negociações diferentes, com o Inter e o Flamengo, em que o jogador poderia ser cedido, encerrando o impasse e também reforçando o time da Vila Belmiro. No caso da negociação com o Colorado, o Santos ficaria em definitivo com Eduardo Sasha.

O atacante chegou ao clube cedido por empréstimo para a atual temporada e vem se destacando, tanto que é o seu artilheiro em 2018, com seis gols marcados. “É uma troca definitiva do (Eduardo) Sasha pelo Zeca. Não tem dinheiro. Nós vamos permanecer com um porcentual. Eles se garantem com o Zeca e nós com o Sasha”, explicou José Carlos Peres, em entrevista concedida durante a festa de premiação do Campeonato Paulista, na última segunda-feira.

A negociação com o Inter, porém, não é a única frente em que o Santos está envolvido. Há outra possibilidade de o time receber o volante Willian Arão e mais uma compensação financeira do Flamengo em troca de Zeca, como explicou José Carlos Peres. “Sim. Mas é preciso saber se o jogador tem interesse de vir para São Paulo e vestir a camisa do clube”, afirmou o dirigente.

No final de outubro, Zeca entrou na Justiça contra o Santos, pedindo uma liminar para se desligar do clube sob a alegação de atraso no pagamento de FGTS e insegurança no trabalho. O lateral-esquerdo não teve êxito inicialmente, mas conseguiu um habeas corpus sob o argumento de que estaria impedido de trabalhar.

 

Fonte: correio do povo