Santos cogita Camilo em negociação por Zeca, mas recua; entenda

O Santos negocia com o Internacional uma troca entre Zeca e Eduardo Sasha. Para finalizar o acordo, o Peixe pede um jogador por empréstimo. Camilo foi cogitado, mas o alvinegro esbarrou em um problema ocorrido entre o meia e o técnico Jair Ventura no Botafogo, em 2017.

Como busca um armador, Camilo era bem visto pela diretoria, porém, a alternativa foi descartada. O atleta chegou a abandonar um treinamento em 2017, descontente por ser pouco utilizado por Jair. Na sequência, retornou, voltou a atuar, mas, sem clima no clube, foi negociado com o Internacional em julho. Contratado com status de titular, Camilo é reserva no Internacional e fez apenas oito jogos nessa temporada. Ele é opção a D’Alessandro na equipe dirigida pelo técnico Odair Hellmann.

Com Camilo fora da jogada, o Santos pediu o volante Fernando Bob ou o atacante William Pottker ao Inter. O Colorado, em contrapartida, surgiu uma lista de atletas que não interessam ao Peixe, como o meio-campista Anselmo. As negociações continuam e Bob é quem tem mais chances de desembarcar na Vila Belmiro. Pottker foi praticamente descartado.

O alvinegro estipulou um preço para negociar Zeca: no mínimo sete milhões de euros (cerca de R$ 29 milhões). O valor de compra estipulado no contrato de empréstimo de Eduardo Sasha é de seis milhões de euros (aproximadamente R$ 25 milhões). Essa diferença poderia ser superado no caso de um jogador decido na transação.

A audiência do caso Zeca está marcada para o dia 27 de abril, mas a situação deve ser resolvida com antecedência. O lateral pediu a rescisão de seu contrato na Justiça Trabalhista, mas não obteve êxito até o momento e está sem atuar há mais de cinco meses.

Fonte: Gazeta Esportiva